top of page

JEANNIE

NASCIMENTO

Jeannie nasceu e mora em Belém do Pará, tem 53 anos e é biomédica e professora universitária.

É associada da União Bonsai Pará desde 2022 e vem participando de algumas oficinas presenciais realizadas pela União Bonsai Pará e de algumas aulas on line oferecidas pela Bonsai Shinzen de Belo Horizonte. começou na prática dos bonsais há mais de 10 anos, quando ganhou um bonsai de Ficus de uma amiga, buscando a partir dai por leituras e curiosidades em mídias. Começou a cultiva-los efetivamente a partir de 2021, quando fez sua minha primeira oficina básica, promovida pela União Bonsai Pará.

 

"Cultivar Bonsai representa um momento de paz e relaxamento. Me trás satisfação, alegria, um momento de me aproximar da natureza, buscando entende-la e dedicando carinho a um ser vivo. É um momento quase solitário, mas de enorme alegria, quando esqueço dos problemas e recebo paz no coração."

6 - Jeannie Nascimento.jpg

primeiro trimestre
ABR-MAI
-JUN/2023

DESCRITIVO DE INTERVENÇÕES REALIZADAS NO TRIMESTRE
(Chloroleucon sp. espécime sorteado No . 6)

PODA 21/03/2023: poda preliminar com retirada de galhos marrons, mortos. Escolha da frente e retirada de um calho retilíneo do ramo esquerdo para deixar a visão harmônica. Ainda há possibilidade de retirar um galho retilíneo do ramo direito. Ablação de alguns JINS que estavam escurecidos com sinal de podridão (detectada em camada mais profunda). Uso de pasta cicatrizante em todos os pontos de corte de galhos junto ao tronco e nos dois ramos principais; bem como na ablação dos JINS pré-existentes. 15/04/2023: retirada de um galho reto, presente no ramo direito e uso da pasta cicatrizante. 15/04/2023 a 22/06/2023: planta deixada para crescer livremente e ganhar força; para que se possa definir o desenho futuro das copas.

ADUBAÇÃO 21/03/2023: Leve adubação com “farinha de osso + torta de mamona” (produto pronto, comercializado); levemente misturada ao novo substrato no transplante. Rega final, após o transplante, com diluição de enraizador VITAPLAN (2 tampas ou 10mL em 100 mL de água, via solo). 01/04/2023: Rega com diluição de enraizador VITAPLAN (2 tampas ou 10mL em 100 mL de água, via solo). 

15/04/2023: Adição ao vaso, de três recipientes vasados contendo adubo TaeGold+ Osmocote Plus 15-09-12. 29/04/2023: Rega com diluição de enraizador VITAPLAN (2 tampas ou 10mL em 100 mL de água, via solo). 20/05/2023 e 17/06/2023: uso de adubação líquida, por rega noturna, com fertilizante organomineral FORTH BONSAI, com aplicação via fertirrigação via solo, usando duas medidas de tampa por litro, conforme instruções do fabricante.

ARAMAÇÃO 21/03/2023: Não realizada, por não ter estrutura para tal, no momento. Os falhos serão deixados em desenvolvimento livre até o final do primeiro trimestre, quando uma idéia de estrutura de copa começará a ser trabalhada, de acordo com o estilo escolhido para a planta.

TRANSPLANTE 21/03/2023: espécime recebido em 18/03/2023 em recipiente de plantio provisório de muda. Substrato bastante molhado, com predominância de pedrisco e caqueira na composição e pouco substrato orgânico. Foi aclimatado em pátio com luz solar indireta ao longo do dia e direta ao fim da tarde. Em 21/03/2023 o espécime foi transplantado, após poda preliminar, para cuia plástica (capacidade 5L) com perfurações na base e logo acima da base, protegidas com tela. Espécime, preso por meio de arame, a cuia; porém sobre comada de em média 7cm de substrato entre a base da planta e a base da cuia. Substrato utilizou foi enriquecido com material orgânico, utilizando 1kg de caqueira para 2kg de substrato pronto para Bonsai (1:1 = orgânico/pedrisco+caqueira)

TRATAMENTO CONTRA PRAGAS Até o momento, não houve necessidade.

OUTROS Planta recebida visivelmente em estado de dormência; pois após 45 dias de aclimatação antes do sorteio, não apresentava folhas, como os demais espécimes do mesmo lote. Brotamentos inexistentes. Galhos marrons, visivelmente mortos. Ao ser retirado para transplante, espécime se mostrou ser originário de um alporque, com galhos/troncos grossos abaixo do solo de plantio, de onde saíam pouquíssimas raízes primárias (4-5 ramos) e com raízes secundárias quase inexistentes. OU seja, NEBARI ainda indefinido. Em um dos ramos submersos, foi feita lavagem com água sob torneira e adição de pasta cicatrizante, por apresentar longa rachadura na estrutura, com sinais de apodrecimento. Não havia substrato em “torrão” aderido às raízes, devido a quase inexistência de massa de substrato orgânico no substrato “original”. Não foi realizada nenhuma intervenção nas raízes, contudo foi feita a escolha de pequena adição de farinha de osso + torta de mamona (5 colheres de sopa) ao substrato e adição de um pouco de enraizador à rega, após o transplante de vaso. Devido a estas características de raízes escassas, houve dúvida sobre a sobrevivência do espécime, até o final dos 18 meses de concurso. Houve a retirada de mais um galho retilíneo de grosso calibre, para diminuir os esforços/gastos de energia da planta. A planta foi colocada diretamente ao Sol, para estimular fotossíntese, crescimento de raízes e sobrevivência. Foi usado pequenos recipientes com Tae-Gold/Osmocote para hiperalimentar o ambiente da planta e estimular o crescimento de galho.

SEGUNDO trimestre
JUL-AGO-SET/2023

PODA:
25/07/2023: poda com retirada de galhos marrons, mortos e para um delineamento inicial do estilo da árvore, com duas pequenas copas. Uso de pasta cicatrizante em todos os pontos de corte de galhos. Deixado um galho de sacrifício para criação de galho de fundo.
26/07/2023: planta deixada para crescer livremente e ganhar força; para que se possa definir o desenho futuro das copas.

ADUBAÇÃO:
25/07/2023: Leve adubação com TaeGold+ Osmocote Plus 15-09-12.
20/08/2023: Leve adubação com TaeGold+ Osmocote Plus 15-09-12.

ARAMAÇÃO:
25/07/2023: Aramação no galho sacrifício que irá construir um galho de fundo. Para dar leve sinuosidade.

TRANSPLANTE:
Não houve.

TRATAMENTO CONTRA PRAGAS:
Até o momento, não houve necessidade

OUTROS:
Sem informações adicionais

TERCEIRO trimestre
OUT-NOV
-DEZ/2023

PODA

OUTRUBRO A DEZEMBRO: planta deixada ao Sol, para crescer livremente e ganhar força; ainda em busca de definir o desenho da copa e forma do Bonsai; o que será definido durante o próximo trimestre.

ADUBAÇÃO

20/10/2023: Leve adubação com TaeGold+ Osmocote Plus 15-09-12.

ARAMAÇÃO

15/12/2023: retirada da aramação do galho sacrifício. Adquiriu espessura de base e sinuosidade; porém o galho ficou marcado pela aramação.

TRANSPLANTE

Não houve.

TRATAMENTO CONTRA PRAGAS

Até o momento, não houve necessidade.

OUTROS

Planeja-se no próximo trimestre, definir o formato do Bonsai com revisão de posicionamento da planta; incrementar a adubação para aumentar crescimento de galhos

bottom of page